Gestão de Compras

4 Boas práticas para se diferenciar no mercado de distribuidores

Estabelecer um relacionamento de proximidade com o consumidor é essencial para a indústria manter boas margens de lucro. Na maioria dos casos, no entanto, a estrutura da empresa não suporta esse tipo de atendimento e, por conta disso, a procura de intermediários se faz necessária. Na indústria, quem realiza essa importante ponte é o distribuidor atacadista.

Hoje, o setor se destaca como uma verdadeira mola propulsora para as vendas na indústria. De acordo com a Associação Brasileira de Atacadistas e Distribuidores de Produtos Industrializados (Abad), esse mercado cresceu 4,4% no ano passado, atingindo vendas de 197,3 bilhões de reais. Para conseguir a sua fatia nesse gordo mercado de distribuidores, é preciso estar preparado para enfrentar uma forte concorrência.

Por esse motivo, resolvemos trazer nesse post um guia com 4 boas práticas para que você se diferencie nesse setor. Veja a seguir!

1. Utilize softwares de gerenciamento

Otimizar a gestão e, principalmente, os processos internos e externos através da automação, certamente pode trazer inúmeros benefícios para o atacadista, como, por exemplo, a contabilização automática das vendas e dos impostos, informações sobre notas fiscais, a gravação e o acompanhamento de pedidos, cotações de preços, dentre muitas outras funções. A grande questão é que o empreendedor precisa cada vez mais de soluções ágeis, como esta, para lidar com a burocracia do dia a dia, se concentrando em questões importantes como o planejamento estratégico e o relacionamento com clientes. Pode ter certeza de que os seus concorrentes já adotam alguma tecnologia para estar dois passos à frente.

2. Fique de olho nos seus concorrentes no mercado de distribuidores

Benchmarking é uma estratégia antiga, mas extremamente importante para o atacadista. Isso porque ele precisa ter um grande faro de oportunidades para conseguir aproveitá-las no timing certo. É claro que, evidentemente, o próprio relacionamento com o cliente já pode trazer uma série de informações importantes. No entanto, não é possível estar em todo o lugar ao mesmo tempo. Por isso, é fundamental acompanhar o mercado e, principalmente, os movimentos feitos pelos seus concorrentes, verificando, por exemplo, quais preços estão sendo praticados, nichos de mercado a serem explorados, dentre outros.

3. Gestão estratégica de custos

Quem vende o peixe mais barato normalmente atrai o freguês. A grande questão é: como vender mais barato? A solução é simples, e está intimamente ligada à gestão financeira do empreendimento. A gestão estratégica de custos visa a redução de desperdícios e a correta alocação de recursos. Basicamente, ela é feita junto aos gestores de cada departamento, que devem apresentar seus relatórios de gastos com um organograma das suas atividades, detalhadas por etapa (para facilitar o acompanhamento). Além disso, um consultor contábil também é essencial, para oferecer pareceres econômicos da organização, como a depreciação, as provisões e reservas necessárias, dentre outros.

4. Lembre-se de que marketing é a chave

Por fim, é importante lembrar que as gigantes do mercado de distribuidores atacadistas apostam pesado no marketing. Evidentemente, se compararmos com as pequenas e médias do mercado, essas empresas possuem um orçamento muito maior para o marketing, no entanto, hoje é possível encontrar uma série de soluções para fazer frente a frente com elas. Marketing digital, por exemplo, tem se mostrado como uma alternativa viável para pequenas empresas, pois permite uma maior personalização do serviço e, consequentemente, uma compatibilização de custos.

Pronto para arregaçar as mangas e se dar bem no mercado de distribuidores? Acesse o nosso blog e acompanhe mais dicas sobre como gerenciar melhor a sua empresa!

Você deve gostar também
Gerencie melhor sua cadeia de fornecimento com essas 5 dicas!
Como um software pode facilitar a gestão da cadeia de compras e suprimentos?
Estoque parado é dinheiro parado!

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Seu nome*
Sua página da Web