ERP Gestão Empresarial Home

5 motivos para a sua empresa investir em um ERP

Ter controle sobre os processos de sua empresa é fundamental para uma gestão eficiente. A visão sistêmica do negócio contribui para que o administrador compreenda a situação atual da empresa, tome decisões mais certeiras, preveja empecilhos, encontre falhas no processo a tempo de desenvolver soluções, além de acompanhar o andamento do planejamento definido para o período.

Contudo, acompanhar todo o processo através de planilhas ou depender do reporte de todos os funcionários pode custar caro. Além do tempo despendido por todos os colaboradores para atualizar as informações e para a análise isolada, posteriormente compiladas pelos setores, exigirá um quadro maior de funcionários. Por isso, contar com uma solução informatizada é bastante útil.

Você precisa enxergar com mais facilidade seus números e desafios, e com isso tomar a decisão certa. E você pode fazer isso com a ajuda de um ERP!

O que é ERP

O Enterprise Resource Planning (ERP) ou, em português, Sistemas Integrados de Gestão (SIGE ou SIG), são softwares que contribuem para uma melhor organização dos processos e dados empresariais em uma única ferramenta.

Com ele é possível integrar todas as áreas da empresa, contribuindo para a agilidade das operações e para a tomada de decisões estratégicas, já que a integração dos dados das diversas áreas trazem uma visão global e correlacionada sobre o negócio.

Por que sua empresa precisa investir em um ERP

Tempo de execução excessivo em tarefas rotineiras é perda de dinheiro. Trabalhos manuais podem gerar retrabalho, fornecer dados inconsistentes, falta de organização ou de disponibilidade de mão de obra para execução. Apenas esses motivos já são suficientes para que você tenha um sistema de gestão empresarial integrado em sua empresa. Ainda não ficou claro ou não está convencido disso? Confira 5 motivos para investir em um ERP:

1. Aquisição modular

Uma das vantagens dos melhores ERP´s do mercado é que não é necessário realizar a integração de toda a sua empresa de uma única vez, o que pode inviabilizar financeiramente a melhoria dos processos, caso sua empresa não tenha previsto sistemas informatizados mais robustos no orçamento anual.

Por ser um sistema modular, sua empresa pode iniciar o processo de automatização em áreas mais críticas, como com o módulo financeiro, por exemplo. Conforme necessidade ou verba disponível, as integrações planejadas, como módulos fiscais, de compras, estoque, dentre outros, são inseridas no processo empresarial. Excelente oportunidade para orçamentos mais restritos em determinadas épocas.

2. Melhoria no fluxo de informações, organização e definição de processos

Para obter benefícios concretos para a sua empresa, não basta pagar pelo ERP. Há necessidade de implantação, migração de dados para o sistema, definição de processos e, consequentemente, da rotina de trabalho, além do treinamento dos profissionais para o uso correto da ferramenta.

Apesar de tomar um pouco mais de tempo este processo inicial, será visível, com o tempo, a melhoria no fluxo das informações em sua empresa, que desencadeia uma séria de outros benefícios como a proposição de soluções para gargalos de processos, finanças e investimentos, por exemplo. Além disso, com a necessidade de definição de processos operacionais, a organização das atividades fica muito fácil.

3. Menor tempo de execução dos trabalhos de rotina e processos gerenciais

Um mundo de planilhas, arquivos soltos e papéis requer mais tempo e mão de obra para a execução dos trabalhos, sem citar as questões de dificuldade de acesso à informação.

Com um ERP, os processos rotineiros são executados com mais agilidade, reduzem a quantidade de horas de trabalho e, consequentemente, a necessidade de mão de obra, além de evitar o retrabalho.

4. Redução de custos

A implantação de um ERP gera redução de custos para a sua empresa de diversas formas. Além da redução do tempo gasto na execução da rotina, o que possibilita o aumento da produtividade para outras tarefas necessárias, há a diminuição do retrabalho e da quantidade de pessoas necessárias para cumprir as tarefas, o que já gera uma redução de custos enorme.

Além disso, o maior e melhor controle financeiro possibilita identificar desperdícios, má precificação de produtos ou serviços, compras mais inteligentes e até mesmo um controle de estoque mais eficiente, o que contribui consideravelmente na economia e no direcionamento de recursos.

5. Tomada de decisão mais certeira

Com uma visão sistêmica do seu negócio, é consideravelmente mais fácil a tomada de decisões estratégicas de forma mais certeira. Com os relatórios fornecidos pelo ERP, o gestores conseguem visualizar possíveis problemas, furos em processos, áreas críticas, necessidade de investimento e outras questões decisivas para o futuro da empresa.

Sua empresa já conta com um ERP para a gestão do negócio? Tem alguma dúvida sobre o processo? Compartilhe-a conosco através dos comentários.

Solicite um bate papo com um de nossos consultores e veja como podemos te ajudar a otimizar os processos e rotinas da sua empresa, eliminando o retrabalho e a aumentando a produtividade da sua equipe!

Você deve gostar também
Entenda quais são as vantagens do ERP para a indústria
Conheça 6 tendências tecnológicas para as PMEs em 2014
[E-book] Saiba como fazer uma boa gestão financeira na indústria

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Seu nome*
Sua página da Web