Gestão Financeira Home

6 erros de finanças que você deve evitar em sua empresa

Segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Economia e estatística), 4 entre 10 empresas fecham suas portas 2 anos após iniciarem os negócios. Dentre os motivos mais recorrentes no Brasil estão a falta de planejamento e acompanhamento da rotina, descontrole do fluxo de caixa, má divulgação da marca ou não adequação à necessidades do mercado.

Diante a esse fato, é perceptível a influência das finanças para o sucesso ou fracasso de uma empresa. Para não fazer parte desse grupo, a boa gestão dessa área é fundamental. Por isso, selecionamos 6 erros de finanças que você precisa evitar em sua empresa para mantê-la competitiva no mercado. Confira!

1. Má ou Falta de Gestão do Fluxo de Caixa

O fluxo de caixa é uma ferramenta primordial para o acompanhamento da rotina financeira empresarial, bem como para a tomada de decisões e o planejamento de investimentos. Com ele é possível acompanhar as movimentações de entrada e saída de dinheiro em sua empresa. A partir desse registro você consegue verificar como vão os negócios, desenvolver soluções para possíveis imprevistos e até mesmo pensar em meios de evitá-los.

Saiba mais sobre esta rotina financeira com nosso material sobre o assunto: Guia Prático do seu Fluxo de Caixa.

2. Deixar as contas passarem do prazo de vencimento

Arcar com juros significa gastos não planejados para a sua empresa. Quando você atrasa o pagamento de uma conta, multas e taxas são aplicadas. Para cobri-las será necessário retirar este valor de algum local e o mais provável é que seja dos lucros! Isto interfere diretamente no controle financeiro podendo desencadear situações que levem sua empresa a não conseguir um crescimento sustentável.

3. Misturar Pessoa Jurídica com Pessoa Física

A empresa é sua, mas as finanças dela não. Mesmo que você trabalhe com centro de custos separados, cuidado! Uma hora ou outra isso acarretará em problemas. Por isso, o ideal é que você defina um valor para retirada mensal e o mantenha em uma conta separada para arcar com os custos pessoais.

4. Falta de Controle do Estoque

Estoque parado é dinheiro parado. Essa clássica frase deve estar sempre em sua mente quando o assunto for gestão financeira. A falta de um controle de estoque eficiente, além de manter investimento parado na empresa, pode gerar inclusive prejuízo.

Para que isto não ocorra, é fundamental desenvolver processos de organização dos produtos estocados, controle de saída de mercadorias para compras mais inteligentes e ações para fomentar a baixa em produtos sem giro.

5. Não contar com Capital de Giro

Crescimento requer investimento e, por isso, é fundamental contar com capital de giro. Conforme a sua empresa cresce, as despesas a acompanham e, por isso, ter dinheiro em caixa para amparar as despesas fixas, variáveis e demais investimentos necessários para apoiar o desenvolvimento sustentável, como a melhoria nos prazos das contas a receber e aumento das possibilidades de parcelamento para os clientes, por exemplo, é de extrema importância.

6. Estabelecer um pró-labore fora da realidade dos negócios

De nada adianta ter um alto pró-labore e ele não condizer com a realidade de sua empresa. Como sócio você deve considerar que as retiradas impactarão diretamente no caixa da empresa, o que pode acarretar problemas com despesas ou mesmo investimentos.

A empresa é sua e você deve ser o primeiro a vê-la crescer, afinal, investiu dinheiro e tempo para transformar o seu sonho em realidade. Você não vai querer ser um dos responsáveis pelo insucesso do negócio, certo? Por isso, preestabeleça um valor fixo anual para o pró-labore e considere os reajustes também anuais. Conforme a sua empresa apresentar melhorias financeiras, ajuste os valores recebidos por você.

Agora que você já conhece 6 erros que podem representar o fracasso de sua empresa, verifique os processos atuais. Caso encontre um destes itens instáveis, reúna as peças-chave da sua empresa para encontrarem as melhores soluções e resolvê-los. Uma gestão financeira eficiente significa um crescimento sustentável!

Veja também:

CTA Blog

Você deve gostar também
Você sabe fazer projeção do seu Fluxo de Caixa?
Gestão de custos: como reduzir os gastos e economizar?
Conheça os benefícios de gerir o seu negócio utilizando um software ERP

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Seu nome*
Sua página da Web