Gestão Empresarial Home Recursos Humanos

As novidades trabalhistas para 2015 que você precisa ficar de olho

Os profissionais responsáveis pela administração e a contabilidade das empresas devem ficar de olho nas últimas mudanças no setor divulgadas pelo governo nos níveis Federal, Estadual e Municipal. Quando essas alterações acontecem, o cenário em que as organizações atuam pode mudar substancialmente, o que exige uma postura proativa dos empreendedores que querem evitar correrias desnecessárias para se adaptar às novas regras.

O ano de 2015 já se aproxima e, com ele, novidades trabalhistas e contábeis que podem ter impacto direto sobre o seu negócio. Confira algumas delas:

Entra em cena o eSocial

Uma das maiores novidades trabalhistas da atualidade é a entrada em vigor do Sistema de Escrituração Fiscal Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas — o chamado eSocial, previsto para testes em 2015 e operação para 2016.

O sistema é resultado de um projeto do Governo Federal para unificar o envio de informações empresariais, a partir de um só portal na web. No ano que vem, as empresas já começarão a utilizar o sistema em fase de testes e, logo em seguida, o envio será obrigatório para as médias e grandes empresas (com faturamento anual superior a 3,6 milhões em 2014).

Simples com novidades trabalhistas

Além dessa novidade trabalhista, as empresas também precisam abrir os olhos para outras alterações contábeis e tributárias que podem ter impactos sobre sua gestão. Uma delas é a universalização do regime tributário diferenciado, o Simples Nacional. A partir de agora, a opção por esse regime depende somente do porte da empresa, com base em seu faturamento anual. Dessa forma, agora também poderão ingressar no Simples empresas de medicina, advocacia, jornalismo e publicidade, entre outras.

Vale ressaltar que a opção pelo regime de tributação das empresas pode ser feita até janeiro de 2015. O prazo exige que os empreendedores façam o quanto antes as projeções, simulações e análises de cenário para avaliar a melhor alternativa e evitar aumentos na carga tributária que podem criar dificuldades para a sobrevivência do negócio.

Cadastro Único

Outra mudança notória para o ano de 2015 é a criação do Cadastro Nacional Único. Com ele, os empreendedores não precisarão mais providenciar cadastros fiscais da União, Estado e Município separadamente.

Com a unificação dessas inscrições, o Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) se torna o padrão adotado em todos os níveis de governo.

Obrigatoriedades extintas

Algumas obrigatoriedades importantes passam a se tornar extintas em 2015. Esse é o caso da Declaração do Imposto de Renda da Pessoa Jurídica e a impressão do Livro de Apuração do Lucro Real.

Essas exigências agora serão atendidas pela Escrituração Contábil Fiscal (ECF), que é transmitida de forma centralizada pelas empresas.

Por fim, vale ressaltar que cabe somente ao empreendedor e seu contador se manterem sempre informados sobre as últimas novidades trabalhistas, fiscais e tributárias nos portais do Governo e nas publicações especializadas, evitando que as novas regras peguem o negócio de surpresa.

E você? Quer conferir mais informações que podem ajudar na gestão do seu negócio? Então volte ao blog da Brasão Sistemas e confira outras publicações sobre o assunto!

Você deve gostar também
Controle o estoque de sua empresa com um ERP.
4 motivos para controlar o estoque de sua empresa com um ERP
Comece o projeto certo amanhã!
[E-book] Gestão de assistência técnica: saiba por que é importante

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Seu nome*
Sua página da Web