Gestão Empresarial

Como aumentar a lucratividade da sua empresa sem fazer loucura

Você deve conhecer o caso de algum empreendedor que, em busca de mais lucro, acabou tomando decisões arriscadas e que prejudicaram o negócio, não é? Bom, é comum e saudável que os gestores se preocupem sobre como aumentar a lucratividade da sua empresa, mas é fundamental tomar alguns cuidados para que o efeito das medidas tomadas não seja justamente o contrário!

Pensando nisso, neste artigo nós vamos falar sobre algumas práticas que você pode utilizar no seu empreendimento para aumentar a lucratividade sem fazer loucura! Com isso, você alcança o tão desejado lucro sem prejudicar as operações, as finanças e a imagem do seu negócio. Confira!

Como aumentar a lucratividade do negócio

O primeiro passo para saber como aumentar a lucratividade é entender que o crescimento do lucro não tem relação somente com o aumento das vendas. É muito comum que os empreendedores façam campanhas com ofertas e preços baixos a fim de atrair clientes para o negócio e, assim, aumentar o faturamento. Porém, faturamento não é a mesma coisa que lucro!

Imagine que você fez uma mega promoção dos seus produtos, conseguiu aumentar as suas vendas e faturou 50% a mais do que o normal. Parece um resultado positivo, não é? Porém, caso você não tenha planejado essa ação de maneira eficaz ou, caso os seus gastos com a produção desses produtos e com o investimento para a campanha tenham sido maiores que o faturamento, a verdade é que você teve prejuízo.

Lucro é o resultado da subtração do seu faturamento pelos custos e despesas que você teve em um mesmo período. Assim, mesmo que o seu faturamento seja alto, não quer dizer que você esteja tendo lucro. Por esse motivo, é necessário ter uma visão geral das operações da empresa para saber como aumentar a lucratividade de modo sistêmico em vez de focar apenas no aumento das vendas.

Nesse sentido, veja algumas práticas que podem ajudar:

1 – Faça um planejamento estratégico

Desenvolver um planejamento estratégico é uma das principais ações para assegurar que as medidas tomadas para aumentar a lucratividade ocorram de forma controlada e eficiente. Nesse documento, você analisa qual é o estágio atual do seu negócio ― considerando os números atuais e os desafios e oportunidades ― e estabelece metas para um período determinado.

Essas metas devem considerar diversos cenários, como o aumento ou a queda das vendas, a produção de itens novos, mais investimentos, expansão da marca, entre outros aspectos que possam impactar na receita da empresa. É aconselhável que você elabore o planejamento pensando em três cenários diferentes: um pessimista, um otimista e um que considere a situação atual do mercado.

Com esse planejamento, a sua empresa está preparada para os vários cenários que podem ocorrer no período determinado e tem uma espécie de guia para atingir as metas estabelecidas, entre elas, o aumento da lucratividade. Nesse sentido, o planejamento orçamentário é outro bom instrumento, já que permite a projeção e o acompanhamento do uso das finanças em cada área do negócio.

Para saber mais sobre esse assunto, acesse o nosso e-book que mostra como fazer um planejamento orçamentário eficaz! Basta clicar na imagem abaixo para fazer o download gratuito do material:

Planejamento orçamentário

2 – Conquiste mais clientes

Embora faturamento e lucro não sejam sinônimos, ter um bom faturamento é essencial para que a empresa aumente a sua lucratividade. Por esse motivo, desenvolver ações para atrair e conquistar os seus clientes é fundamental. Essa, inclusive, pode ser uma das metas do planejamento estratégico.

Para isso, a sua empresa precisa investir em ações que promovam uma boa experiência aos clientes e isso inclui diversos setores e medidas. O atendimento, por exemplo, deve ser focado em atender as necessidades do seu público-alvo e o mesmo deve ocorrer em relação ao marketing, uma técnica indispensável para atrair novos clientes.

Em relação à logística, suporte, vendas e os outros setores da sua empresa, vale a mesma dica: é fundamental entender quem é o seu cliente, as necessidades que ele tem e oferecer o melhor produto e serviço de acordo com o que ele precisa. Com isso, você não apenas vai atrair novos clientes, como conquistar aqueles que já compraram ou contrataram seus produtos ou serviços.

3 – Controle os custos e despesas

Se o faturamento é apenas uma das partes que compõe o cálculo sobre o valor do lucro, a outra parte envolvida e menos querida nessa conta são os custos e as despesas. Para que a lucratividade do seu negócio possa crescer, os gastos da sua empresa precisam estar controlados. Afinal, sem saber o quanto você gastou, não é possível nem mesmo conhecer qual é o seu lucro.

Um dos benefícios de conhecer os custos e as despesas, por exemplo, é ter mais assertividade na precificação dos produtos e serviços. Imagine uma indústria de camisas que tem um total de gastos de R$ 25 para produzir uma peça. Sabendo dessa informação, é muito mais fácil colocar um preço adequado à estratégia nessa mercadoria.

Outra vantagem é que, conhecendo os custos, você pode reduzi-los. Se você notou que com algumas melhorias poderia economizar R$ 5 na produção dessa camisa, teria duas opções: manter o mesmo preço de venda e conseguir uma margem de lucro maior ou, ainda, diminuir o preço de venda e ter um valor mais competitivo para atrair clientes.

Independentemente da estratégia escolhida, o fato é que o controle e a gestão adequada dos custos e despesas é essencial para a saúde financeira do seu negócio!

4 – Utilize a tecnologia

Para fazer o seu planejamento estratégico, desenvolver ações para conquistar clientes e controlar os custos do seu negócio, você vai precisar de uma coisa: informação. Estamos falando de dados sobre a produtividade da empresa, sobre os clientes, sobre os custos e muito mais conteúdo capaz de gerar uma base de análise importante para a tomada de decisão.

E todas essas informações precisam ser organizadas de uma maneira eficiente, justamente para que as decisões sejam feitas com segurança e assertividade. Nesse sentido, a tecnologia é uma aliada importante e um exemplo disso é o ERP Radar Empresarial, oferecido aqui, pela Brasão Sistemas. Trata-se de um sistema de gestão integrada que reúne as informações de todos os departamentos da empresa em um mesmo local.

Com isso, você ganha mais agilidade, confiança e controle dos dados, garantindo mais eficiência nas ações para aumentar a lucratividade do seu empreendimento! Acesse o nosso site ou entre em contato com a nossa equipe para saber mais sobre como essa solução pode alavancar os resultados do seu negócio!

Conforme você viu, saber como aumentar a lucratividade sem fazer loucura não é nenhum bicho de sete cabeças, basta ter planejamento e controle sobre as suas operações! Esperamos que este artigo tenha sido útil para você! E se houver alguma dúvida sobre o assunto ou quiser compartilhar as suas experiências e opiniões sobre como aumentar a lucratividade, deixe seu comentário aqui embaixo!

Você deve gostar também
O que as startups podem ensinar às empresas sobre gestão
Como integrar as rotinas das filiais aos processos da matriz da minha empresa?
Você consegue ter uma visão geral da indústria para fazer a gestão?

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Seu nome*
Sua página da Web