Gestão Financeira Home

Como reduzir a inadimplência em seu negócio?

A taxa de inadimplência no Brasil aumentou 3% em relação ao primeiro semestre de 2015 e a proporção de dívidas incobráveis das pequenas e médias empresas dobrou em comparação com o mesmo período do ano passado, de acordo com estatísticas do SEBRAE. Essa uma questão que afeta gravemente o clima de negócios no país. Entre os fatores que causam impacto neste indicador estão a inflação, as taxas de juros e a retração da economia e do mercado de trabalho. Para as pequenas e médias empresas, os pagamentos em atraso podem reduzir significativamente o fluxo de caixa e forçar essas empresas a tomarem empréstimos a taxas muito altas, colocando em risco a saúde financeira do negócio. O processo de planejamento financeiro da empresa deve focar em diminuir a taxa de inadimplência e, assim, evitar o endividamento. Quer saber como? Acompanhe este nosso post!

Verifique sempre os serviços de análise de crédito

Verificar sempre os serviços de análise de crédito para descobrir a situação financeira do cliente é essencial. A consulta, que pode ser feita através de empresas de proteção ao crédito, irá revelar se há pagamentos em aberto com outras empresas, se existem processos pendentes ou outros problemas. Com esta análise, a sua empresa será capaz de avaliar a condição de cada cliente e determinar se a venda é ou não adequada. As consultas devem ser frequentes, uma vez que a situação do cliente pode mudar a qualquer momento.

Tenha o histórico do cliente sempre à mão

Seja usando controles manuais feitos em planilhas, ou através de um software de gestão, é sempre bom verificar o histórico de seus clientes para diferenciar quem sempre pagou corretamente dos contribuintes ruins. Muitas vezes, um cliente que tem um histórico de pagamento ruim, não deve ser mantido.  

Dê valor aos contribuintes

Saber separar o joio do trigo não é apenas útil para fins de fiscalização, mas também pode servir como um estímulo para fazer pagamentos com descontos ou outras formas mais flexíveis de recuperação. Oferecer alternativas para quem realmente tem um problema e não pode cumprir a data de vencimento deve ser parte da estratégia da sua empresa.

Implemente um sistema de cobrança eficaz

Dívidas são como bolas de neve: começam pequenas, mas, eventualmente, acabam por se tornar uma avalanche. Para evitar isso, a sua empresa precisa de um sistema de cobrança eficiente que dê um alerta padrão no primeiro dia de atraso, sendo sempre gentil e ético na reivindicação.   Em casos extremos, a melhor coisa a fazer é obter, pelo menos, parte do valor e renegociar o valor que falta receber, evitando longas e custosas batalhas judiciais.

Nunca venda sem a nota fiscal

Primeiramente, porque facilita o controle da empresa sobre os bens ou serviços vendidos. Em segundo lugar, há um agravante: sem nota fiscal, a empresa não tem como entrar com uma ação legal contra o inadimplente.  

Mantenha suas finanças organizadas: a gestão eficaz das contas é fundamental

Além de ser essencial para o sucesso de qualquer negócio, um bom planejamento financeiro com as contas a pagar e receber faz toda a diferença para discutir os débitos de um ou mais clientes. Em muitos casos, a desorganização do caixa (entradas e saídas de dinheiro) pode fazer com que as dívidas permaneçam “escondidas” por algum tempo. Esta situação pode causar um grande problema para sua empresa, caso já exista uma grande perda financeira. Investir em um software de gestão para gerenciar as finanças é uma ação sempre recomendável. Gostou das nossas dicas? Que tal conferir as melhores estratégias para um faturamento eficiente? Acesse este nosso outro post!

CTA - Blog - Gestão Financeira

Você deve gostar também
Saiba quais são os 5 erros fatais na gestão financeira do varejo e como evitá-los
Melhores práticas para treinar a equipe para o uso correto do ERP na sua empresa
Melhores práticas para treinar a equipe para o uso correto do ERP na sua empresa
Conheça o ERP Radar Empresarial | Brasão Sistemas
Conheça o ERP Radar Empresarial

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Seu nome*
Sua página da Web