Gestão de Custos Home

Como reduzir os custos operacionais da sua empresa?

Como reduzir os custos operacionais da sua empresa

A redução de custos operacionais de um negócio já consiste em um fator de competitividade de alta relevância. Em tempos de crise e forte concorrência então, essa prática pode se tornar vital para que as empresas se mantenham vivas e atuantes no mercado.  Por isso, o gestor deve ficar atento às dicas e novas tecnologias que possam contribuir nesse sentido.

Você sabe quais custos poderia cortar ou reduzir? Quais despesas podem ser mais bem-gerenciadas? Como fazer isso? Então leia mais a seguir e entenda como reduzir os custos operacionais de sua empresa.

Estabeleça metas de corte de custos

A primeira coisa a se fazer é mapear seus processos internos e operações. Quando o gestor está ciente de tudo o que acontece dentro de sua empresa, ele se torna mais capaz de visualizar os pontos fracos e fortes de seu negócio e, assim, definir onde estão os gastos de pouca ou quase nenhuma necessidade a fim de eliminá-los. Se houver um plano de metas a ser alcançado, você terá um parâmetro para comparar os próximos resultados. Porém, não se esqueça de ser realista.

Reveja seus fornecedores

Sobretudo quando você confia em uma quantidade de diferentes fornecedores, pode ser possível adquirir provisões de qualidade em empresas com melhores preços ou que ofereçam operações logísticas que agilizam sua atividade, reduzindo alguns de seus gastos no final de todo o processo. Pesquise e converse com seus fornecedores para descobrir em que você poderia melhorar esse relacionamento e seus contratos.

Elimine o desperdício

Estabeleça um limite mais rigoroso sobre a utilização e consumo dos artigos de uso interno (como material de escritório) e das viagens corporativas patrocinadas por sua empresa. Invista na compra de equipamentos mais eficientes e em práticas que tornem o negócio bastante ajustado em termos de consumo de energia elétrica.

Tenha uma boa gestão de estoque

Manter um ótimo controle de seu inventário é uma prática essencial para não gastar à toa. Se você monitora adequadamente tudo o que entra e o que sai de seu estoque, não vai adquirir itens em excesso, deixando mais capital imobilizado. Também não perderá vendas por não ter alguns produtos em estoque e poderá investir nos artigos que têm mais rotatividade ao longo do atual período, conforme as sazonalidades do mercado. Para conhecer mais dicas de como melhorar sua gestão de estoque, dê uma olhada nas nestas dicas para um controle de estoque eficaz!

Adote um sistema de gestão

Vincular os processos da empresa e deixá-los mais visíveis por meio de um software vai abrir a oportunidade de o gestor conseguir enxergar custos escondidos, alguns dos quais nem mesmo imaginava que existissem. Dessa maneira, você vai conseguir entender muito mais seu negócio e liberar os seus funcionários para atividades que exijam mais criatividade e talento humano, automatizando as operações que são repetitivas e monótonas. Ou seja, a produtividade vai aumentar, ao passo que haverá menos erros humanos e mais acertos nas operações, reduzindo os custos gerais de seu negócio. Você não sabe como um sistema informatizado pode ajudar seu negócio nem como escolher o software ideal para sua empresa? Leia nosso Guia de escolha do sistema ideal e não fique mais com essas dúvidas!

Maximize a eficiência das tarefas de seus funcionários

Se três funcionários estão realizando tarefas que dois funcionários podem fazer, isso significa que a empresa está perdendo eficiência e potencial. É importante que você consiga investir em recursos e técnicas para aumentar a eficiência sem perder a qualidade do trabalho.

Para aumentar os lucros, todo gestor precisa ter metas de aumento das receitas e redução dos custos operacionais. Às vezes, uma decisão de corte de gastos pode parecer pouco importante no momento, mas pode fazer grande diferença no futuro e mudar ou impedir um cenário ruim de sua gestão financeira.

Como você tem reduzido os custos operacionais de sua empresa? Tem alguma dúvida sobre isso? Fale conosco nos comentários e continue acompanhando o nosso blog!

cta-blog-2

Você deve gostar também
Desenvolver meu próprio sistema ou adquirir um já consagrado?
O que muda em uma empresa que adota um ERP?
4 dicas para investir na força de venda da sua empresa vaejista.
4 dicas para investir na força de vendas da sua empresa varejista

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Seu nome*
Sua página da Web