Gestão Empresarial

Veja por que o controle de produção é vital para o controle de turnover

controle de turnover

O bom ambiente de trabalho é uma preocupação legítima e essencial a todas as empresas. Os motivos são vários e vão desde o controle de turnover, que permite a redução dos custos com a rotatividade e mantém uma equipe qualificada e experiente, até a necessidade de criar um ambiente positivo para o trabalho, contribuindo para a produtividade e o engajamento da equipe.

Contudo, de nada adianta desenvolver uma série de ações pensadas no bem-estar dos colaboradores, como investir em benefícios e espaços de convívio, se o básico ― o trabalho diário ― não funcionar adequadamente. Porque é lógico que o colaborador vai gostar de ter um vale-cultura, por exemplo, ou receber uma folga no seu aniversário. Mas, mais importante do que isso é permitir que, na hora que ele assumir seu posto de trabalho, tudo funcione corretamente.

A relação do controle de produção com o controle de turnover

A desorganização na produção impacta negativamente o dia a dia dos colaboradores. Imagine a equipe se preparando para trabalhar, mas sem matéria-prima suficiente para finalizar a produção! Em um dia, uma falha na manutenção dos equipamentos atrasa o início das atividades. Em outro, a falta de informações na ordem de produção (ou mesmo a não existência dela) dificulta a manufatura.

São situações que, aos poucos, vão desanimando as equipes. Mesmo os pequenos erros, muitas vezes rapidamente corrigidos, tornam-se um motivo de descontentamento para os colaboradores. E não sem razão, afinal, é natural que a sua empresa mantenha as metas e faça cobranças periódicas para assegurar que todos os produtos sejam entregues. E se as equipes não conseguem cumprir essas determinações por erros de processo, certamente podem ficar desmotivadas.

Mas, por mais que sejam dadas todas as condições para o cumprimento das atividades, sem um controle de produção tudo fica mais difícil. E entre os tantos problemas que a falta de controle do chão de fábrica causa está o aumento da rotatividade. E isso não tem nada a ver com a empresa não valorizar os seus colaboradores. Na verdade, essa falha está relacionada à rotina mesmo, que precisa ser aprimorada.

O exemplo da Pirâmide de Maslow

Você já ouviu falar na Pirâmide de Maslow? Trata-se de um esquema que especifica a hierarquia das necessidades humanas criado pelo psicólogo norte-americano Abraham Maslow. Com ela, aprendemos que uma pessoa não pode conquistar a realização pessoal se as necessidades básicas fisiológicas, como saciar a fome e a sede, não forem atendidas.

Aí você pode perguntar: o que isso tem a ver com o controle de produção e o controle de turnover? Bom… na verdade, tudo. Trazendo para a lógica industrial, de nada adianta, como dissemos, ter mesas de pebolim no refeitório se na hora de iniciar o expediente o maquinário não está funcionando adequadamente.

Portanto, proporcionar um ambiente de trabalho positivo começa por oferecer todas as condições indispensáveis para que ele seja realizado com eficácia. Para isso, um sistema de gestão da produção é indispensável, pois ele auxilia no controle das ordens de produção, contribui para a qualificação do controle de estoque e permite o acompanhamento da produtividade, entre outros benefícios.

Dessa forma, evita-se a falha na disponibilidade de matéria-prima e as rotinas ficam automatizadas, facilitando e agilizando o processo de produção ao mesmo tempo em que se impedem erros e não conformidades. Como consequência, os prazos são cumpridos com mais tranquilidade e os colaboradores têm mais recursos para cumprir as metas sem percalços.

Com tudo no chão de fábrica sob controle, daí sim é hora de pensar nas ações diferenciadas para agradar as equipes. Se todos perceberem que a empresa é organizada, tem métodos bem definidos e processos em pleno funcionamento, fica mais fácil exigir um profissionalismo mais acurado e, mais que isso, o próprio espírito de qualidade acaba contagiando, o que qualifica o trabalho.

A empresa, assim, ganha com produtividade e engajamento e pode recompensar com benefícios e outras ações capazes de fazer o controle de turnover, que envolvem a valorização dos profissionais, uma boa remuneração e a implementação de políticas igualitárias e transparentes. Um plano de cargos e salários também pode ser uma boa pedida, bem como a adoção de uma cultura interna que opte pela flexibilização nas negociações e na humanização das relações.

Como investir para fazer o controle de turnover

Existindo um correto controle de produção, a empresa pode trabalhar melhor a precificação, determinando preços dos produtos ou serviços mais adequados às metas do negócio. Ao mesmo tempo, um sistema de gestão é capaz de reduzir as perdas tanto com erros e desperdícios quanto com ociosidade. Isso tudo gera uma economia importante, que pode ser direcionada para outros trabalhos.

Um desses direcionamentos pode ser feito para o controle de turnover. Com os custos otimizados, é possível oferecer benefícios diferenciados aos colaboradores, melhorias nos espaços de convívio (como no refeitório, por exemplo), pagamento de gratificações e desenvolvimento de ações de valorização, como premiações, capacitações, entre outros cuidados que já citamos aqui no artigo.

Por isso, lembre-se: a valorização dos colaboradores começa por oferecer um ambiente de trabalho organizado e funcional. Tudo além disso são apenas acessórios ― importantes, é claro ―, mas ainda assim opcionais. E esse ambiente de trabalho organizado e funcional, como adiantamos, depende de um bom sistema de gestão empresarial.

Há quem continue a utilizar sistemas individuais e até processos manuais para fazer a gestão da empresa. Mas um sistema integrado e informatizado permite muito mais eficácia e diálogo entre as áreas. Dessa maneira, qualifica-se não apenas a produção, mas também todas as outras atividades.

Então, se você quer fazer as correções necessárias para que a sua empresa seja organizada, eficiente e propícia para um dia a dia de trabalho satisfatório, invista em um sistema ERP. A Brasão oferece o ERP Radar Empresarial, solução da WK Sistemas totalmente adaptável à realidade do seu negócio! Entre em contato com a gente e saiba mais sobre ela. Caso prefira, você pode deixar a sua mensagem no espaço abaixo.

Você deve gostar também
É possível integrar todas as rotinas da minha empresa?
Como aumentar a lucratividade da sua empresa sem fazer loucura
5 dicas para você se tornar um gerente de sucesso!

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Seu nome*
Sua página da Web