ERP Gestão e Negócios Gestão Empresarial Home

Desenvolver meu próprio sistema ou adquirir um já consagrado?

Sua empresa precisa de um software para auxiliar na automatização dos processos de trabalho e pinta a dúvida: adquirir um sistema já consagrado ou desenvolver o meu próprio? A pergunta não tem uma única resposta. Tudo depende das necessidades atuais da sua empresa e até mesmo do mercado de atuação. Você vai precisar analisar os fatores com clareza antes de tomar a decisão. Veja a seguir algumas dicas sobre como decidir se vale a pena desenvolver seu próprio sistema informatizado ou investir em uma ferramenta já consolidada.

A questão da estabilidade

O grande problema de quando você desenvolve um software próprio é a estabilidade. Softwares consagrados já foram testados, tiveram o código reescrito e sofreram melhorias centenas (às vezes milhares) de vezes. Diferentemente de um software recém-desenvolvido, que vai precisar de tempo para que consiga ser estabilizado.

Muito erros acontecem. Isso é normal e parte do processo de desenvolvimento de qualquer software, mas pode acabar fazendo você perder um tempo que não dispõe. Um software consagrado, por outro lado, já passou por todos esses erros, já os corrigiu e obteve um know-how de como resolver problemas anteriormente diagnosticados. Possivelmente erros ainda acontecerão num sistema já desenvolvido há muito tempo, mas o conhecimento que a empresa desenvolvedora já possui sobre a própria estrutura do software e do mercado de atuação que ele atende, fará com que tudo seja resolvido com muito mais presteza. Além disso, os remendos no código que podem vir a sofrer um novo software que não possua uma estrutura sólida podem acabar levando a um número ainda maior de erros.

Não se engane: o desenvolvimento de um bom software, que atenda todas as suas necessidades, vai levar tempo.

Os custos do desenvolvimento

Um bom software, desenvolvido exclusivamente para a sua empresa e respectivas necessidades, vai custar mais caro, por mais que lhe falem o contrário. Como dissemos anteriormente, todo o processo de desenvolvimento leva tempo e, logicamente, este tempo é resultado de horas trabalhadas. Ou seja, um custo maior.

Se o desenvolvimento de um software novo for mais barato do que um já desenvolvido, você precisa ficar atento. Primeiro, muitas vezes a estimativa de horas trabalhadas é subestimada. Com isso, pode ser que você tenha novos gastos inesperados no futuro. Caso o valor para o desenvolvimento seja fixo, garanta que a empresa desenvolvedora está disposta a realizar os reparos que forem necessários no futuro, por um prazo razoável.

Atente-se às necessidades da empresa

Em boa parte das vezes que uma empresa opta por desenvolver um software próprio, ela o faz porque acredita que suas necessidades são limitadas. Os softwares consagrados, na maior parte das vezes, possuem um número muito grande de recursos, que podem, a princípio, não serem necessários para uma empresa de pequeno porte ou que tenha processos de trabalho muito simples.

Porém, as necessidades da sua empresa podem mudar com o tempo. Você pode começar a precisar de um determinado recurso que antes achava desnecessário. A empresa pode crescer e começar a ter processos de trabalho mais complexos, que necessitam de recursos que um software consagrado já oferece.

Em geral, você precisará optar por um sistema próprio apenas quando as suas necessidades são muito complexas e específicas. Neste caso, talvez os softwares consagrados no mercado, mesmo com adaptações e customizações, não conseguirão atender o que sua empresa precisa. Mas tenha sempre em mente que o custo e tempo de desenvolvimento serão mais altos e que você passará por várias questões de ajustes que poderão prolongar ainda mais a entrega final.

Caso as necessidades da sua empresa sejam semelhantes às de outras empresas, é sempre preferível optar por um sistema consagrado, de fácil adaptação e com possibilidades de customização!

Veja também:

Ebook: Guia para escolha da solução de gestão ideal | Brasão Sistemas

Você deve gostar também
Como a integração entre departamentos proporciona melhores resultados para as empresas
Como lidar com a sazonalidade dos produtos na gestão de estoque?
Como funciona a formação de preço em um negócio?

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Seu nome*
Sua página da Web