Gestão Financeira Home

Gestão financeira: como cortar gastos sem perder em qualidade

Em momentos de crise, muitas empresas pensam apenas em cortar os gastos, sem avaliar o impacto negativo que determinadas ações podem ter. É essencial, portanto, planejar uma boa gestão financeira.

Seja para passar por uma crise ou para melhorar os lucros, muitas empresas precisam cortar gastos. Esse processo, entretanto, deve ser feito com muito cuidado, uma vez que ele pode interferir em sua gestão financeira e no resultado final. Por isso, é preciso adotar alguns critérios na tomada dessa decisão. Neste artigo, vamos apresentar soluções de como você pode cortar gastos sem perder em qualidade. Confira!

Reveja as despesas

Os custos com a produção, no geral, não são diminuídos por precisarem de um estudo maior. Já as despesas devem ser revistas, sendo as primeiras a sofrerem modificações.

Entenda despesas como as contas de água, luz, telefone, tarifas bancárias e outras que possam ser readequadas. Para fazer isso de forma eficaz, é preciso pesquisar se existem alternativas para cortar gastos — como, por exemplo, mudar de operadora de telefonia ou fazer uma campanha de economia de água e de luz. Simples mudanças já podem apresentar resultados significativos ao longo do mês, podendo, assim, ser aplicadas em todas as áreas da empresa.

Entenda suas finanças

Um outro problema que enfrentamos no país são os altos impostos — não conseguimos fugir deles. Porém, quando o enquadramento tributário não está adequado, é possível que a empresa esteja pagando mais impostos do que realmente necessita.

Nessas horas, é válido contratar uma consultoria para rever as contas e orientar sobre qual a melhor forma de proceder, fazendo a gestão financeira de forma adequada.

Não substitua a matéria-prima

Se a empresa produz bens, é importante não substituir a matéria-prima apenas por questão de custo. Em alguns casos, a substituição pode ser positiva — pesquisando bastante, você pode encontrar um material de qualidade igual ou mesmo superior por um preço menor —, mas é preciso avaliar muito bem a qualidade do produto, pois ele irá interferir diretamente no resultado final.

Repense os estoques

Ficar com produtos ou matérias-primas parados no estoque aumenta o custo da empresa, devido à armazenagem. Essa informação é importante não apenas para o produto final da empresa, mas também para outros recursos, como material de escritório e produtos de limpeza.

Diminuindo os estoques, é possível diminuir as despesas. Por isso, converse com os seus fornecedores, reveja os prazos para entrega e, se for o caso, implemente a redução da quantidade.

Adeque os seus processos

Quando o trabalho não está sendo feito da forma mais adequada possível, o dinheiro da empresa pode escoar pelo ralo. Assim, é preciso rever todo o processo produtivo, de todas as áreas, e identificar onde ocorre o desperdício e como aprimorar os processos. Dessa forma, aumenta-se a produtividade, reduz-se os custos e, consequentemente, melhoram-se os ganhos.

Invista no cliente

Manter um bom relacionamento com o cliente é fundamental — afinal, ele é o responsável pelo sucesso do seu negócio. Além disso, campanhas de marketing podem atrair novos clientes e aumentar os seus lucros. Principalmente em tempo de crise, quando a maioria das pessoas está reavaliando seus orçamentos, é preciso investir em divulgação e relacionamento.

Tenha a tecnologia como aliada

A tecnologia veio para nos ajudar — mas, para isso, ela precisa ser bem empregada. Com sistemas de monitoramentos e comunicação, é possível aperfeiçoar o trabalho. Um bom investimento é um sistema ERP: ele permite integrar todas as áreas, garantindo uma macrovisão para um melhor gerenciamento.

O ERP ainda ajudará na otimização de processos e no controle da gestão financeira, contando com indicadores e gráficos, sem que tudo precise ser feito de forma isolada e manualmente. Dessa forma, pode-se ter uma melhor visão de onde é possível cortar gastos.

Gostou dessas dicas? Então confira também nosso artigo sobre como controlar melhor as contas da sua empresa e melhore a gestão financeira de sua empresa!

Veja também:

CTA - Blog - Gestão Financeira

 

Você deve gostar também
Já elaborou o Planejamento Estratégico da sua empresa para 2017?
O que é estoque de segurança?
O que é estoque de segurança?
Quais os benefícios de um sistema ERP para o setor de RH?

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Seu nome*
Sua página da Web