Estoque e Produção Gestão de Estoque Home

O que é estoque de segurança?

O que é estoque de segurança?

Entre os desafios de uma produção, está aquela de manter um estoque de materiais e produtos adequados à demanda. Requerer tudo aquilo que é necessário para dar continuidade às atividades de forma eficaz é uma tarefa complicada. Por isto, esta etapa exige planejamento e estratégias. Mas, quais medidas podem ser adotadas para evitar que o estoque não sofra com faltas nem excesso de materiais ou produtos?

A resposta para esta pergunta está no estoque de segurança. A partir de cálculos é possível garantir a presença de recursos necessários para manter todo o processo de produção ou entrega funcionando. Entre as ferramentas mais usadas para desenvolver um estoque de segurança está o MRP ou, em tradução ao português, Planejamento de Necessidade de Materiais.

Com o MRP você consegue suprir o estoque a partir de dados sobre o produto, eliminando, assim, sobras ou faltas de materiais. Ficou curioso para saber mais sobre o estoque de segurança e como desenvolvê-lo em sua produção? Leia sobre o assunto a seguir!

Como aplicar o estoque de segurança?

Para garantir bons resultados com os seus cálculos do estoque de segurança, é necessário levar em conta alguns aspectos de sua produção. Eles são:

Demanda

Entre as variações que entram nos planejamentos de um estoque, está sempre a demanda. É importante conhecer como funciona o fluxo de saída de seus produtos ou dos materiais necessários para a fabricação. A partir desta informação que você saberá a quantidade de cada um dos produtos e o tamanho que o seu estoque precisa ter. Segundo especialistas, quanto mais estável for a sua demanda, menor será o seu depósito.

Tempo de entrega do produto

Este é um índice que também auxiliará a determinar o tamanho de seu estoque. Com as informações sobre o lead time de seus materiais e produtos, você consegue precisar a quantidade necessária para continuar a sua produção. Assim como a demanda, você perceberá que este número também é variável. Por isso, ele é inserido no cálculo do estoque de segurança.

Nível de serviço desejado

Aqui, encontram-se todos os dados sobre a necessidade de cada produto. Você sabe que nem todos materiais têm a mesma importância. Por isso, para definir o seu estoque de segurança também é necessário que você conheça a quantidade necessária e o tempo de permanência no depósito de cada um. Este é o índice que vai de encontro com os outros dois dados, o da demanda e o do tempo de entrega do produto. Pois é este indicador que representa o quanto você precisará para estar preparado para as outras duas variáveis.

Com todas essas informações você conseguirá elaborar o seu cálculo e aplicar o estoque de segurança na sua empresa. Agora que você conhece as variáveis que entram na fórmula deste método, que tal conhecer o método mais utilizado?

MRP

O Planejamento de Necessidade de Materiais (MRP) é um módulo dos sistemas de gestão empresarial (ERP) utilizados para desenvolver o estoque de segurança no seu modo de produção. O seu principal objetivo é definir a quantidade e o momento adequado para a produção e compra de cada item da empresa. Dessa forma, ele permite controlar e atender perfeitamente os planejamentos de produção.

Seu funcionamento é simples. Com as informações fornecidas pelo usuário ao sistema, este módulo calcula e define a quantidade de produto ou materiais que devem ser feitos ou comprados durante toda a fase de produção. Além disso, um de seus pontos fortes é que ele consegue fazer todo o replanejamento caso haja alteração nas variáveis de demanda, tempo de entrega ou o do nível de serviço desejado. Assim você consegue sempre saber o mínimo necessário para continuar produzindo ou atendendo a demanda de seus clientes.

Diminuir os gastos com desperdícios e excessos de materiais e produtos é sempre uma boa ideia. Você só consegue atingir este objetivo se utilizar ferramentas que auxiliam no planejamento de seu estoque. Por isso, não hesite em utilizar softwares de gestão que garantirão sempre a excelência em armazenamento dos itens fundamentais para sustentar a produção da sua empresa ou atender as ordens de fornecimento dos seus clientes.

E você, já utiliza um módulo MRP em sua empresa?

Clique aqui para agendar um bate papo com um de nossos consultores e veja como podemos ajudar a sua empresa.

Veja também:

cta-blog-whitepaper-atualizado

Você deve gostar também
5 usos da tecnologia em favor dos Processos Gerenciais da sua empresa
4 dicas para otimizar o processo de emissão de NF-e | Brasão Sistemas
4 dicas para otimizar o processo de emissão de Notas Fiscais Eletrônicas
Como o ERP ajuda a atender as obrigações fiscais da empresa
Como o ERP ajuda a atender as obrigações fiscais da empresa?

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Seu nome*
Sua página da Web