Estoque e Produção Gestão de Estoque Home

O que fazer com produtos sem giro no estoque?

Todo empresário sabe que produto parado significa dinheiro indo embora. O grande dilema das empresas consiste em decidir entre estoques elevados, que podem comprometer as finanças caso os itens não sejam vendidos, ou reduzidos, pondo em risco o fornecimento quando existe aumento na demanda.

Mesmo com as novas tecnologias que vieram para auxiliar a gestão de estoques, essa tarefa é complexa e exige a análise de muitas variáveis. Não é raro que as empresas se vejam diante de produtos sem giro, aqueles que ficaram parados porque não foram vendidos ou por não terem demanda elevada usualmente. Esses produtos geram custos elevadíssimos para as empresas, seja pela renúncia do lucro para conseguir vendê-los ou pelos gastos necessários para mantê-los armazenados. Este post te auxiliará no que que fazer com os produtos sem giro para evitar maiores problemas.

Analise os produtos

Ao constatar que você está com produtos sem giro no estoque, examine e organize cada um dos itens. Ordene-os por preço, data de expiração de validade, quantidade, espaço ocupado, entre outros. Essas informações podem ser úteis para encontrar novas formas de usá-los, seja repassando para outras unidades e setores da empresa, ou encontrando novas finalidades.

Lembre-se que empresas ineficientes deixam os produtos sem giro juntando poeira no estoque, mas as empresas inovadoras sempre buscarão formas de gerar valor ou reduzir o prejuízo com essas mercadorias. Se os produtos em questão realmente não podem ser aproveitados, existem algumas alternativas para dar vazão a eles minimizando as perdas.

Venda sem prejuízo

Para conseguir se livrar dos produtos sem giro, uma das opções mais simples é reduzir o preço para que os consumidores vejam vantagem na compra. Apesar de ser uma opção simples e rápida, ela pode trazer grandes prejuízos com o lucro que está sendo renunciado.

Outras formas de conseguir comercializar esses bens é agregá-los a outros itens e fazer uma oferta combinada, pois os consumidores se atraem por ofertas agregadoras com valores diferenciados. Conhecer o comportamento do seu consumidor é muito útil nessas horas, pois a empresa pode iniciar uma campanha específica para um perfil de compra, pensando nas aquisições anteriores e nos possíveis interesses relacionados.

Caso sua empresa conte com algum programa de fidelidade, essa também é uma boa hora para oferecer pontos extras e distribuir cupons de descontos para dar vazão à mercadoria.

Incentive a equipe

Você já pensou que o gasto para incentivar sua equipe de vendas a acelerar a saída de um produto pode ser muito inferior às perdas que a empresa terá ao reduzir o preço final? Esses incentivos podem vir em forma de prêmios em dinheiro, cursos, viagens, produtos eletrônicos, entre outros.

Quando bem estimuladas, as pessoas podem alcançar resultados surpreendentes, mesmo com produtos que não possuem demanda elevada ao longo do ano.

Obtenha ganhos intangíveis

Os produtos com baixo giro e que não possuem grande valor para a empresa podem ser utilizados para obter alguns benefícios que não sejam financeiros ou materiais.

Uma boa alternativa é pegar os produtos parados no estoque e incluí-los como brindes em outras compras, como uma forma de dizer “obrigado” ao comprador ou apresentar outros itens de seu catálogo.

Apesar de a medida não reduzir os prejuízos, ela poderá ser um grande diferencial para chamar a atenção do cliente e estimular novas compras futuras.

Doe

Ainda que tenha um objetivo nobre, alguns empresários podem resistir à ideia de doar produtos parados no estoque. Mas além de ajudar pessoas ou instituições que podem fazer melhor uso desses bens, a empresa ainda pode ganhar indiretamente na dedução de impostos.

Pesquise a legislação e avalie que tipo de produtos e materiais podem ser destinados a instituições da sua área de influência para obtenção de incentivos fiscais. O retorno é positivo para ambas as partes!

Aumente a eficiência da gestão de compras e armazenagem

Se você estiver trabalhando com um produto que está sempre sem giro, não se esqueça de melhorar a eficiência do estoque, evitando grandes quantidades armazenadas no futuro. Essa é a melhor forma de contornar o problema e não reduzir as margens de lucro.

Faça uma boa gestão do seu portfólio de produtos sabendo como dar vazão àqueles sem giro, seja combinando-os com outros itens em ofertas especiais ou procurando novos nichos de mercado.

E você, conhece alguma técnica diferente das que citamos para dar vazão a produtos sem giro? Compartilhe conosco nos comentários abaixo!

Faça também o nosso diagnóstico empresarial gratuito e saiba a situação atual da sua empresa em relação ao controle de estoque aliado as melhores práticas do mercado.

diagnostico-gestao-de-estoque

Você deve gostar também
5 dicas para um planejamento estratégico eficaz
Implantação de ERP e Treinamento: entenda a importância para o sucesso do seu negócio
Implantação de ERP e treinamento: entenda a importância para o sucesso do seu negócio
Faça já o seu planejamento financeiro com nossas 4 dicas

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Seu nome*
Sua página da Web