Blog

5 dicas para ter um planejamento operacional eficiente

Gestão Empresarial 06.01.2021 5 minutos de leitura Voltar

Todo empreendedor sabe como é importante ter um planejamento operacional no seu negócio. O que nem todos sabem, porém, é como colocar em prática, de forma sustentável, a tal “eficiência operacional”. O grande erro em querer aumentar a eficiência da empresa é pensar que cortando custos, gerando demissões e reduzindo bruscamente as despesas todos os problemas serão resolvidos — o que é um grande equívoco. É como se eficácia fosse a geração de uma obrigação quando, na verdade, deveria ser encarada como uma forma ‘preventiva’ de lidar com problemas futuros.

Saiba como fazer um planejamento operacional eficiente

O planejamento operacional de uma empresa é a parte que cuida da administração da rotina e a formalização dos procedimentos que serão executados, assegurando que todas as tarefas e operações sejam realizadas de acordo com as regras estabelecidas pela companhia, focando sempre no alcance dos objetivos. Basicamente é estabelecer o que fazer, quando fazer, em qual prazo realizar, como fazer, quem fará o que e em qual sequência executará.

De forma geral, o planejamento operacional foca em planos no curto prazo, geralmente cumpridos em períodos curtos, de 3 a 6 meses. Via de regra, os planos operacionais são bem mais específicos e direcionados.

Mas como definir um checklist corretamente para um bom planejamento operacional? É isto que veremos a seguir.

1. Analise os objetivos

Comece questionando quais são os objetivos que sua empresa deseja atingir com o planejamento operacional. Elabore um estudo detalhado sobre a situação atual da organização e quais serão os objetivos projetados para os próximos meses. Faça um levantamento do fluxo de caixa da empresa, das receitas mensais, do número de clientes e funcionários, bem como outras informações relevantes para montar um plano operacional apropriado para as necessidades do empreendimento.

É importante observar que os dados levantados correspondem a todo o sistema operacional da empresa, que envolve desde os funcionários até a parte financeira. Aqui os dados levantados podem ser registrados em relatórios separados para serem de fácil compreensão. Com todas estas informações em mãos, a pessoa responsável pelo planejamento operacional poderá analisar quais são as principais necessidades da empresa e focar os esforços para resolvê-las imediatamente.

2. Monte uma equipe com profissionais qualificados

Por mais que você domine e saiba montar um bom planejamento operacional, dificilmente terá êxito se realizar sozinho. Para que o tempo seja otimizado e as possibilidades de sucesso sejam aumentadas, é recomendável montar uma equipe com profissionais qualificados.

Procure ter no seu time, profissionais que possuem ideias e que queiram realizar os objetivos da empresa, dessa maneira o trabalho progredirá naturalmente, resultando em bons frutos. Embora cada colaborador tenha uma atividade específica para cumprir, o ideal é que toda a equipe esteja integrada, que compreendam a importância do planejamento operacional para a empresa e saiba da real dimensão do projeto.

3. Elabore um planejamento operacional para cada atividade

Com os objetivos em mãos e a equipe de profissionais qualificados, é hora de colocar em prática um planejamento operacional para cada atividade. Ou seja, quais procedimentos serão realizados para que cada tarefa seja executada, qual o custo envolvido e qual o tempo que será dedicado para a concretização.

4. Estipule metas e prazos

Estipular metas e prazos faz parte de um planejamento operacional bem-sucedido. O ideal é que toda a equipe tenha uma única meta e que os profissionais designados como responsáveis para a execução de cada atividade tenham metas individuais, uma vez que cada uma possui suas particularidades.

Além disso, é importante estipular qual o prazo de cumprimento das metas. Desta forma, a equipe tende a trabalhar mais focada, uma vez que devem cumprir um prazo estabelecido, evitando que as atividades se estendam além do tempo e se tornem inacabadas.

5. Esteja sempre revendo o planejamento operacional

Por mais perfeito que tenha sido feito um planejamento operacional, erros ou situações inesperadas podem ocorrer, uma vez que o mercado é dinâmico e está em constante mudança. Caso isto ocorra, não hesite em rever o planejamento e ajustá-lo de acordo com as novas exigências.

Quer saber mais sobre planejamento operacional? Que tal ler o nosso eBook “Como planejar seu negócio para crescer?”. Não deixe de compartilhar sua opinião nos comentários abaixo!

 

Deixe seu comentário

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.