Blog

ERP para o setor de mel: descubra como esta tecnologia pode ser útil

Setor de Mel 24.09.2021 6 minutos de leitura Voltar
erp para o setor de mel

Quando pensamos em sistemas de gestão, pode haver a impressão de que todos têm as mesmas características. Afinal, seja qual for a área de atuação, empresas têm processos semelhantes, não é mesmo? Bom, a princípio, é verdade. Mas ao nos deparamos com uma solução específica, os resultados são muito melhores. Por isso, um ERP para o setor de mel, pensado para as particularidades desta atividade, faz muita diferença!

Neste artigo, vamos mostrar o que um ERP para o setor de mel pode fazer de diferente para qualificar os processos internos. Muitas dessas características são naturais de um sistema de gestão, mas outras, como você vai ver, são capazes de tornar a sua produção mais organizada, seus controles mais precisos e o produto que você vende mais valorizado!

4 benefícios de um ERP para o setor de mel

Antes de detalharmos como um ERP para o setor de mel auxilia nos processos diários de empresas deste ramo, vale relembrar a diferença que um software de gestão integrada faz para uma empresa com planos consolidados de desenvolvimento. A ampliação da produtividade sempre é um objetivo central, pois é o que aumenta o lucro. Porém, é preciso que os custos não aumentem na mesma proporção.

Além disso, reduzir o tempo de entrega, organizar o balanço financeiro, localizar o estoque com facilidade e administrar salários são funções básicas e sempre muito necessárias de um software de gestão. Ou seja, é preciso tudo isso e ainda estar mais conectado aos avanços tecnológicos, pensando nos desafios únicos do setor de mel para escolher a melhor solução.

Por isso, a seguir, vamos apresentar 4 características essenciais de um ERP projetado para empresas deste setor para garantir uma operação mais fluida e eficiente. Acompanhe:

1 – Rastreabilidade de produtos

Para ser possível rastrear as mercadorias ― algo que aumenta a credibilidade da sua marca, transmite confiança ao mercado e agrega valor ao seu produto ― é fundamental que o registro, o controle e o processamento das informações sejam unificados entre as várias áreas do negócio. Se cada departamento adota uma prática diferente, as chances de erros são grandes na hora de cruzar as informações.

Imagine que o setor de vendas e a equipe responsável pelo estoque usem soluções diferentes para organizar a emissão de pedidos, a quantidade de mel em depósito e as características de cada lote! Ao fazer a análise e a consolidação dos dados, alguma divergência vai ser encontrada. E o pior: não vai dar nem para saber a origem do desencontro de informações.

Sem a integração dos setores, é possível que um tambor seja produzido, vendido ou exportado de uma forma errada. É claro que, com uma equipe engajada e preparada, algo assim pode até não acontecer, mas sem dúvida será necessário perder um tempo precioso de trabalho para que tudo seja ajustado.

E isso prejudica a operação como um todo, pois torna muito mais difícil o trabalho de encontrar o produto correto com as características adequadas, atender o pedido conforme as especificações do cliente e fazer o controle da rastreabilidade.

Com um ERP para o setor de mel, os processos de todos os setores ficam otimizados, pois tudo fica integrado e as informações são registradas em um único lugar. Desse modo, a sua empresa ganha precisão no controle da rastreabilidade e também agilidade na operação do estoque e auditorias.

2 – Gerenciamento completo

Um dos ganhos mais valiosos que um ERP pode garantir a um negócio é a integração de fluxos de informações entre todas as áreas. E isso só é possível porque o sistema entrega recursos completos para gestão financeira, contábil, controle de estoque, folha de pagamento, controle de ponto, controle de vendas, faturamento e expedição, custos, blendagem e produção, gestão e controle da qualidade, controladoria e compliance fiscal, entre outras funcionalidades específicas.

Assim, é possível identificar o lote do mel no sistema na hora em que ele sai do campo. Esse registro acompanha o ciclo do processo até o produto acabado ser expedido, faturado e recebido. Isso tudo proporciona muito mais segurança, eficiência e controle à sua empresa e muito mais transparência, agilidade e qualidade ao cliente. E o melhor: são aspectos que impactam no preço final, o que é bom para todos ― maior margem de lucro para você e preço mais competitivo para o cliente.

3 – Informações relevantes e blendagem

Como as informações estão concentradas em um só lugar, fica mais fácil obter dados valiosos que auxiliem no esforço de desenvolvimento que a sua empresa busca. Contudo, não basta que haja um repositório central deles: é preciso que estejam organizados e acessíveis com rapidez.

Com um ERP para o setor de mel, é possível controlar a blendagem com base nas entradas dos lotes por cor, umidade e outras análises técnicas para a qualidade do produto final. Assim, além de acompanhar e consultar o saldo de estoque por especificação do mel, o processo de blendagem passa a ser registrado e apontado dentro da ordem de produção.

Na prática, isso significa total controle, rastreabilidade e informação no processo de blendagem. É, enfim, o seu adeus definitivo à planilha Excel!

4 – Controle tributário e regulatório

As demandas da sociedade em prol de um sistema tributário e regulatório mais simplificado avançam a cada dia. Se por um lado isso pode significar uma burocracia menos complexa, por outro trata-se de uma situação que exige atualizações constantes para que tudo esteja sempre dentro das conformidades.

O melhor ERP para o setor de mel, portanto, precisa atender às demandas e exigências dos agentes regulatórios, como o controle de geração das informações dos lotes vendidos e suas origens, exigido pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), e informações tributárias devidas à Receita.

Aliás, lembra que falamos antes sobre rastreabilidade? Ela não só é uma questão de diferencial competitivo, como também faz parte de regulações. A má condução desse trabalho impacta fortemente nas auditorias não só do MAPA, mas também de clientes. As consequências são sérias e envolvem a perda de exportações e de mercados importantes, prejudicando o crescimento do negócio.

Essa reflexão revela como é importante ter um sistema integrado, pois as próprias demandas de empresas do setor de mel também são conectadas! Ao utilizar um ERP verticalizado para esta área de atuação, todas essas adequações são centralizadas e facilmente gerenciadas.

Onde encontrar o ERP ideal

A Brasão oferece um ERP para o setor de mel integrado e verticalizado para as demandas específicas de empresas deste ramo. Com a nossa solução, a morosidade na apuração de informações e o risco da perda de rastreabilidade são eliminados! Quer dizer, da coleta do mel à apuração dos custos reais por absorção, o sistema é um verdadeiro aliado para aperfeiçoar processos e contribuir com o crescimento dos negócios!

Que tal conhecer melhor o software e entender em detalhes as funcionalidades que ele pode oferecer à sua empresa de mel? Entre em contato conosco! Nosso time de especialistas está à disposição para atender você.