Blog

Ficha técnica do produto: o que é e como montá-la na sua indústria

Gestão Industrial 26.03.2020 5 minutos de leitura Voltar
Ficha técnica do produto

A ficha técnica do produto é um documento primordial para quem atua na produção industrial, uma vez que esse registro contém todas as informações sobre como produzir determinado item. Mas, na prática, você sabe qual é a importância desse documento e como montá-lo aí na sua indústria? Saiba tudo sobre ele no nosso artigo de hoje!

O que é ficha técnica do produto

Você pode até não entender muito de culinária, mas com certeza sabe que é importante contar com a receita de um bolo para fazê-lo, não é? Afinal, somente com a receita você pode comprar e deixar preparados todos os ingredientes, saber a medida exata de cada um para evitar desperdício e, ainda, garantir que todos os processos sejam feitos na ordem certa para que o bolo fique bom.

Pois a ficha técnica do produto funciona, basicamente, como uma receita de bolo. Nela, a indústria descreve quais são as matérias-primas utilizadas para fabricar um produto, qual é a quantidade ideal de cada uma e como deve ser feito o processo de produção, isto é, quais são as etapas necessárias para que esse conjunto de matérias-primas se torne o produto final.

A principal vantagem de implementar as fichas técnicas de produto na indústria é a padronização, já que, a partir desse documento, todas as mercadorias serão produzidas de forma exatamente igual, respeitando a descrição contida no registro. Isso é bom porque evita o desperdício de materiais e, além disso, garante melhores índices de qualidade para a empresa.

Para ficar mais evidente a importância da ficha técnica do produto, imagine um restaurante onde são vendidos hambúrgueres. Para produzir um determinado prato, são necessários um hambúrguer, duas fatias de pão, quatro rodelas de tomate, duas folhas de alface, duas fatias de queijo e um ovo frito. Tudo isso está na ficha técnica, assim como a ordem em que cada ingrediente deve ser acrescentado.

Agora, vamos supor que, certo dia, a ficha técnica do produto tenha sumido e ninguém da equipe saiba ao certo como produzir o prato. Nesse caso, poderia sair um lanche sem ovo frito ou queijo, o que seria ruim para a experiência do cliente, ou, ainda, com ingredientes a mais, o que traria prejuízo para o restaurante.

Com esse exemplo, fica fácil perceber o quanto a ficha técnica do produto é importante, concorda? É claro que o seu cenário pode ser diferente, como uma indústria, mas esse documento vai fazer muita diferença para a eficiência da produção e o controle de qualidade!

Como montar uma ficha técnica do produto

Para montar uma ficha técnica do produto, o primeiro passo é identificar toda a matéria-prima usada para fabricá-lo. Voltando ao exemplo do restaurante, vamos imaginar que esses são os produtos necessários para produzir um determinado prato:

MATÉRIAS-PRIMAS
Hambúrguer
Pão
Tomate
Alface
Queijo
Ovo

Depois de apontadas as matérias-primas, o próximo passo é definir um SKU para cada uma delas. Esse código vai ajudar a identificar melhor cada produto, o que pode não ser tão importante para o restaurante, mas é essencial para grandes indústrias, tendo em vista a grande quantidade de materiais diferentes que fazem parte da rotina desses negócios. Nossa ficha ficaria assim:

SKUMATÉRIAS-PRIMAS
MP 003Hambúrguer
MP 001Pão
MP 009Tomate
MP 012Alface
MP 002Queijo
MP 015Ovo

Em seguida, é preciso definir as unidades e as quantidades de cada matéria-prima que são necessárias para produzir o prato:

SKUMATÉRIAS-PRIMASQUANTIDADEUNIDADE DE MEDIDA
MP 003Hambúrguer0,10KG
MP 001Pão2UN
MP 009Tomate4FT
MP 012Alface2FL
MP 002Queijo0,02KG
MP015Ovo1UN

Dessa forma, a ficha técnica do produto está pronta para ser utilizada. Você pode, ainda, acrescentar o roteiro de fabricação dessa mercadoria, o que é opcional. Nesse caso, seria feita uma descrição passo a passo de cada etapa para a produção do item.

Então, ficou mais fácil entender a importância da ficha técnica do produto? Esperamos que este artigo tenha ajudado você nessa tarefa e que a sua empresa passe a usar esse instrumento para ter ainda mais assertividade e eficiência em suas operações!

E falando em eficiência, outra maneira de conquistá-la é usando um sistema ERP, como o Radar Empresarial, desenvolvido pela WK Sistemas e oferecido por nós, da Brasão. Com ele, você tem mais controle sobre a compra, o estoque, a produção e várias outras áreas fundamentais para a sua empresa. Acesse o nosso site ou entre em contato para saber mais!

Além disso, se você ficou com alguma dúvida sobre a ficha técnica do produto, deixe seu comentário aqui embaixo para conversamos!

ERP para indústrias

Deixe seu comentário

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.