Blog

Saiba quais são as melhores práticas de backup e como usá-las

Gestão de Documentos 10.09.2020 3 minutos de leitura Voltar
Boas práticas de backup

Para automatizar as operações e agilizar processos internos, é fundamental que a sua empresa conheça as melhores práticas de backup. Trata-se de uma prática altamente recomendada para as empresas. Contudo, a correria diária pode levar ao esquecimento de algumas atividades simples como esta, que podem fazer a grande diferença no seu negócio.

Um dos principais propósitos em se atentar às melhores práticas de backup é saber que qualquer dia o sistema pode sofrer algum dano, seja ele de desastres naturais, seja por próprio erro humano, acarretando em perda de vários dados e informações importantes para você.

Com uma cópia de segurança, a sua empresa garante que os arquivos se manterão intactos e atualizados, garantindo mais eficiência às tarefas realizadas, facilitando o acesso aos dados e evitando prejuízos com a perda de informações relevantes.

Preocupar-se com essas questões é essencial porque um dos bens mais importantes de uma empresa são seus dados e informações, que precisam sempre estar em segurança. Sem eles, a instituição pode perder clientes e, como já mencionamos, ter prejuízos financeiros.

O maior problema é que dificilmente você conseguirá prever quando uma perda acontecerá. Isso pode acontecer por diferentes fatores, como imprevistos naturais, vulnerabilidades ― como erros humanos ou de software ―, corrupção de dados e por aí vai.

Tipos de backup

É nesse contexto que surge a importância das melhores práticas de backup. Até porque, mesmo que o sistema seja afetado por qualquer eventualidade, as informações estão protegidas.

Há duas maneiras de fazer o backup:

  • Manual: nesses casos, ela é pouco indicada, mas ainda assim é usada por pequenas empresas, que transferem os arquivos para um HD externo. Essa alternativa não soluciona o problema definitivamente, pois ainda há vulnerabilidade a falhas de equipamentos e humanas, já que a peça é móvel e pode acabar sendo danificada no transporte;
  • Automática: essa prática é altamente recomendada, porque profissionaliza e agiliza o processo. Há um investimento financeiro, já que se precisa contratar alguma plataforma de backup em nuvem, mas os riscos na replicação de informações é menor e compensa o valor desembolsado.

Qual é a importância de seguir as melhores práticas de backup?

Essa pergunta pode ser respondida a partir de dados concretos: de acordo com uma pesquisa da Global Data Protection Index, feito pela EMC em parceria com a Vancon Bourne, os prejuízos financeiros com perda de dados pelas organizações brasileiras passaram de US$ 26 bilhões (aproximadamente R$ 66 bi) nos últimos anos. E no mundo, o total foi de R$ US$ 1,7 trilhão (R$ 4,3 trilhões). O estudo consultou, no Brasil, 125 empresas.

É por isso que as melhores práticas de backup devem ser apresentadas. Por meio delas, você pode preservar os dados empresariais, que têm importância patrimonial. Além disso, podemos citar quatro motivos que justificam esse cuidado: proteção contra a perda de dados importantes, operacionalidade empresarial, diminuição de riscos relacionados a erros humanos e defesa contra ataques virtuais de possíveis hackers.

Como definir uma rotina de backup?

A rotina de realizar cópias de segurança dos dados depende de um diagnóstico da situação de todos os dados da sua empresa e, a partir disso, um planejamento. Antes, você precisa saber que nem todos backups são iguais. Eles são separados em quatro grupos: completo, incremental, incremental contínuo e diferencial.

Definir a melhor opção para a sua empresa depende de vários aspectos, como quantidade de informações e necessidade de armazenamento. Para saber qual é a melhor alternativa, é importante compreender as características de cada uma delas.

No caso do backup completo, é feita a cópia de todos os arquivos de um servidor ou ambiente. Eles são transferidos para a nuvem ou outro local. Por isso, requer mais espaço de armazenamento. Esta é a melhor opção para quem deseja uma reprodução fiel das informações.

O backup incremental é mais direcionado, porque realiza uma cópia apenas dos dados modificados. Sua execução ocorre de tempos em tempos e o novo backup é feito a partir da última versão realizada. Por isso, há menos dados armazenados. Esse motivo também faz sua prática ser mais rápida e o período de restauração é ágil. No entanto, é um modelo complementar — ou seja, não pode ser colocado em prática de maneira isolada.

Ainda existe o backup incremental contínuo, uma modalidade parecida com a anterior, mas não exige a verificação dos bancos de dados a serem recuperados. Ao mesmo tempo, é similar ao completo, porém, mais ágil, além de requerer menor espaço de armazenamento.

Por sua vez, o backup diferencial é parecido com o incremental. O trabalho é realizado por apenas um período, porque o armazenamento é feito a partir dos dados alterados da última cópia de segurança completa. Assim, se ela for feita em uma data e a incremental em outra, as informações são aquelas referentes à primeira, assim, é mais fácil de recuperar e há mais segurança. Por isso, é melhor para projetos de longo prazo.

Então, fique atento às melhores práticas de backup para que sejam realmente positivas e efetivas dentro da sua empresa: defina a periodicidade com base no volume de dados, garanta um processo seguro, opte pelo backup em nuvem e cuide das configurações.

Agora, se você não quiser se preocupar com esse trabalho, conte com as soluções oferecidas pela Brasão Sistemas. O ERP Radar Empresarial, por exemplo, por ter um banco de dados próprio, possui backup automático em tempo de execução da aplicação (online). Ou seja, ele é integrado ao software e ocorre sem a necessidade de vários comandos.

Para saber mais sobre as nossas soluções, acesse nosso site ou entre em contato com a nossa equipe. Estamos à disposição para atendê-lo e tirar suas dúvidas. Se preferir, deixe um comentário no espaço abaixo para continuarmos essa conversa.

Gestão eletrônica de documentos

Deixe seu comentário

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.