Blog

Saiba o que é a indústria 4.0 e como ela auxilia as rotinas do setor metalmecânico

ERP Gestão Industrial 29.10.2020 5 minutos de leitura Voltar

Apesar de não soar como algo recente, o termo indústria 4.0 ainda se mostra bastante desconhecido aqui no Brasil. Segundo dados de 2018, apresentados pela Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), menos de 2% das organizações do país estão verdadeiramente inseridas nesse conceito, o qual tem capacidade para movimentar US$ 15 trilhões nos próximos 15 anos, também de acordo com a ABDI.

Diante desses números, fica claro que, no Brasil, ainda há muito a se amadurecer nas empresas quando o assunto é a aderência ao conceito da indústria 4.0. Para o futuro, no entanto, espera-se que essa tendência ganhe força, alinhando-se ao cenário de países em que a indústria está mais associada à tecnologia industrial e à inovação.

Dada à grande dimensão e importância da indústria 4.0, preparamos este artigo para esclarecer esse termo. Então, se você deseja saber mais a respeito, basta seguir com a leitura!

O conceito de indústria 4.0

A indústria 4.0, também chamada de Quarta Revolução Industrial, é a mais recente inovação no que diz respeito ao processo produtivo, ou seja, muda consideravelmente a forma como o conceito de indústria se aplica. Trata-se da aplicação das mais novas tecnologias digitais ao chão de fábrica, mudando o modo de se fabricar.

Ao longo da história, as revoluções industriais trouxeram mudanças significativas ao processo de produção. Por exemplo, quando olhamos para a Primeira Revolução Industrial, ocorrida no fim do século 18 e início do século 19, vemos o surgimento da máquina a vapor e da indústria têxtil.

Quando avançamos para o fim do século 19, nos deparamos com a Segunda Revolução Industrial, que foi marcada pela descoberta da eletricidade e, assim, sua aplicação nos processos industriais. Também foi marcada pelo avanço na indústria do petróleo, química e do aço.

E, por fim, nas últimas décadas do século 20, chegamos à Terceira Revolução Industrial, marcada pela microeletrônica, o avanço das telecomunicações e o surgimento do computador, juntamente com sua popularização. Como consequência, entramos no período que é chamado de era da internet.

Assim, podemos afirmar que a era da indústria 4.0 é a consequência de todas as três revoluções anteriores, e se apoia na automação, computação e conectividade, visando o desenvolvimento de fábricas inteligentes, versáteis e eficientes.

Os impactos no setor metalmecânico

Apesar de recente, a Indústria 4.0 já propõe modificações na realidade operacional das indústrias, principalmente do setor metalmecânico. Essas mudanças afetam todo o cenário mercadológico, visto que dão início a novos modelos de negócios que modificam a entrega de resultados para os clientes. As fábricas inteligentes são capazes de desenvolver produtos personalizados que atendem aos anseios dos consumidores, deixando-os satisfeitos com o que é oferecido.

A utilização de linhas de produção mais elaboradas, a comunicação ativa e a possibilidade de gerenciamento mais aprofundado, por exemplo, trazem mais performance aos processos ao minimizar a ocorrência de erros e o desperdício de insumos e, principalmente, de tempo ― ativo cada dia mais valioso para a indústria metalmecânica.

Feitas todas essas considerações, é preciso mostrar também um pouco da indústria 4.0 na prática, isto é, como esse conceito tem se materializado no interior das fábricas e quais inovações têm contribuído para o seu funcionamento. Confira:

Otimização da capacidade operacional: propõe o recebimento e análise de dados a uma velocidade jamais vista;
Virtualização das informações: a criação de uma cópia virtual das fábricas inteligentes que permite o rastreamento e monitoramento remoto de processos;
Descentralização do trabalho: aprimoramento dos processos de produção por meio dos módulos da fábrica inteligente que atuam de maneira descentralizada;
Modularização: flexibilidade para a modificação de tarefas de dispositivos com maior facilidade.

Como um software de gestão pode ajudar a entrar na indústria 4.0

Em geral, o conceito de indústria 4.0 pretende lidar com informações para que as indústrias metalmecânicas produzam mais de acordo com as demandas de seu público. Considerando isso, é mais que necessário que, desde já, se utilize um software de gestão que tenha funcionalidades específicas para este setor.

Com um bom ERP, com o oferecido pela Brasão Sistemas, a sua empresa pode reunir todas as informações que precisa para ter uma visão abrangente da fábrica em um único local. Esse é o primeiro passo para preparar o seu negócio para as grandes transformações que a indústria já começou a vivenciar!

Esperamos que este artigo tenha sido esclarecedor e ajude você a planejar a inserção da sua indústria metalmecânica na era da indústria 4.0. Caso tenha restado alguma dúvida, fique à vontade para entrar em contato conosco ou, se preferir, deixe o seu comentário no espaço abaixo.

Software ERP

Deixe seu comentário

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.