Home Planejamento Estratégico

Como calcular a taxa de crescimento anual da sua empresa?

Com a chegada do final do ano, aproxima-se também a necessidade de realizar uma análise sobre os resultados da empresa, identificando quais objetivos foram alcançados e quais não. Além disso, essa análise é importante para que o planejamento do próximo ano seja feito adequadamente; e as metas, bem definidas.

Um dos indicadores mais importantes a serem analisados é a taxa de crescimento anual da empresa. Justamente devido à sua importância, saiba como calcular essa taxa e como ela pode ajudar sua empresa no próximo ano!

Como calcular a taxa de crescimento anual da sua empresa?

Embora fazer esse cálculo possa parecer uma medida relativamente simples, é preciso levar em consideração algumas análises importantes para garantir o máximo de confiabilidade em uma informação tão importante. Por isso, para fazer esse cálculo você deve:

Dispor de dados sobre o último ano

É fundamental ter à disposição dados sobre todas as operações da empresa em geral no último ano. Quanto mais integrados forem esses dados, mais preciso será o cálculo, já que vai levar em consideração o panorama geral de toda a empresa. Uma ferramenta de Business Intelligence pode ajudar bastante nesta análise dos dados. Para isso, indicamos a leitura deste eBook aqui.

Nesses casos, você deve se atentar a quanto a empresa valia no período correspondente a um ano atrás: quais eram seus investimentos, seus lucros e seus resultados em geral. Em seguida, você deverá avaliar qual a situação no final do ano.

Utilizar a equação matemática

Feita a análise, você deverá chegar a um valor nominal que indique o quanto a empresa valia no começo do ano e o quanto a empresa vale atualmente. Utilizar parâmetros como número de vendas nem sempre é a melhor opção, já que nem sempre uma empresa que tem um grande volume de vendas experimenta, efetivamente, um crescimento. Com esses dados, você deverá utilizar a equação matemática:

Taxa de crescimento (%) =  (Valor atual da empresa – Valor da empresa no ano anterior) / Valor da empresa no ano anterior x 100%

A taxa de crescimento será, portanto, equivalente à diferença entre o valor atual da empresa e seu valor no ano anterior, dividido pelo valor (novamente) da empresa no ano anterior e depois multiplicado por 100%. O resultado será expresso em uma porcentagem e indicará o quanto a empresa cresceu de maneira bruta durante o ano.

Levar em consideração a inflação

Em um período de tanta variação econômica e de moeda pouco estável é bastante benéfico levar em consideração a inflação para garantir um cálculo mais preciso. Assim, para calcular a taxa de crescimento real você deverá dividir os lucros do ano anterior sua empresa pelo IGP-DI do ano correspondente. Considerando o valor em dezembro de 2014, a divisão deve ser por 3,7.

Dispondo desse resultado multiplique-o pelo IGP-DI de 2015. Até setembro de 2015, o acumulado era de 7,01, mas você deverá usar o índice que corresponda a 12 meses de sua análise. Esse novo valor será o valor da empresa no começo do ano considerando-se a inflação. Feito isso, é só utilizar a fórmula matemática normalmente.

Adotar abordagens diferentes de cálculo

Com essa taxa calculada, você terá a taxa de crescimento bruta de sua empresa, o que já pode ser suficiente para a sua análise. Se quiser aprofundar os cálculos, entretanto, você pode também calcular indicadores relativos, como o crescimento a cada trimestre ou o retorno sobre ações de sua empresa. Apesar de a taxa de crescimento anual já ser importante o suficiente para a análise, criar novos cálculos ajudará em uma avaliação mais completa.

Quais os benefícios de calcular a taxa de crescimento anual de sua empresa?

Um dos benefícios de calcular essa taxa é o fato de ser possível realizar uma análise completa sobre o desempenho da empresa, podendo comparar a taxa calculada com os objetivos estabelecidos no começo do ano. Além disso, o cálculo dessa taxa também fornece uma noção quantitativa do desempenho da empresa, além de orientar sobre a necessidade de investimentos localizados para o crescimento.

Essa taxa permite, inclusive, um melhor planejamento dos investimentos, já que é possível conhecer a situação real da empresa. Não menos importante, o cálculo anual dessa taxa permite criar um histórico de crescimento, fazendo com que a empresa perceba tendências de crescimento ou que note a necessidade de maior atenção, no caso de queda.

O cálculo da taxa de crescimento anual da empresa requer uma análise da situação atual da empresa e dos resultados do ano anterior. Dispondo desses valores, o cálculo básico é bastante simplificado, mas ele pode ser aprimorado para fornecer informações ainda mais importantes. Com isso, é possível desenvolver um planejamento estratégico eficiente e bastante preciso.

Você tem dúvidas sobre como fazer este cálculo ou algo a contribuir sobre o assunto? Deixe um comentário para a gente aqui abaixo!

Você deve gostar também
Desenvolver meu próprio sistema ou adquirir um já consagrado?
Como otimizar os processos da sua empresa
Como otimizar os processos da sua empresa: Armazenamento de produtos
5 erros cometidos no atendimento ao cliente e como evitá-los

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Seu nome*
Sua página da Web