ERP Home

Como o ERP ajuda a atender as obrigações fiscais da empresa?

Como o ERP ajuda a atender as obrigações fiscais da empresa

As obrigações fiscais de uma empresa são responsáveis por garantir que o empreendimento esteja apto a operar sem nenhum débito com o fisco. Para garantir a regularização, entretanto, é preciso cumprir à risca essas obrigações, o que nem sempre é uma tarefa simples. Contratar um sistema de ERP que atenda às necessidades da área de controladoria da empresa, por sua vez, garante que o processo de cumprimento dessas obrigações seja facilitado, trazendo benefícios para os negócios. Continue lendo para entender como um ERP fiscal pode ajudar nas obrigações fiscais!

As principais obrigações fiscais

As empresas brasileiras possuem algumas obrigações fiscais específicas que devem ser cumpridas para manter a situação sempre regular. O uso de um sistema de ERP, por sua vez, pode facilitar processos de formas distintas, desde o acesso facilitado à informação até a centralização dessas informações. As principais obrigações fiscais incluem:

eSocial

O eSocial é um obrigação fiscal que o empregador possui em relação aos funcionários e que inclui o envio de dados através do sistema da Receita Federal. A admissão ou demissão, por exemplo, deve ser informada no mesmo dia para a Receita, enquanto a folha de pagamento deve ser enviada até o sétimo dia útil do mês. Por estar integrado ao sistema da Receita, é fundamental que o lançamento seja feito de acordo com os dados da folha de pagamento e, por isso, utilizar um ERP garante maior conformidade das informações.

DIME

O DIME é a Declaração de Informações do ICMS e Movimento Econômico, e é obrigatória para as empresas inscritas no CCICMS. Até o dia 10 de todo mês, as empresas precisam encaminhar um relatório que contenha um resumo mensal de todas as prestações realizadas no Livro Registro de Apuração do ICMS. O uso de um ERP fiscal garante que todas essas informações sejam mantidas de maneira detalhada e acessível, prevenindo a necessidade de se fazer múltiplas conferências em busca da informação correta.

Sped Fiscal

No Sped Fiscal, a empresa utiliza uma escrituração digital da Receita Federal para fornecer todas as informações necessárias para a apuração de valores de impostos, como o IPI e ICMS. Para isso, a empresa deve enviar, todos os meses, um arquivo digital de layout específico com a escrituração de documentos fiscais e registros de impostos. Possuindo um ERP, a empresa possui maior controle sobre todas essas informações e, com isso, o envio da escrituração se torna facilitado e menos custoso.

Bloco K no Sped Fiscal

Já o Bloco K do Sped Fiscal é responsável por manter controle da produção e do estoque e, para isso, devem ser enviadas informações do Livro Registro de Controle da Produção e Estoque por meio do Sped Fiscal. Essa é uma nova modalidade de obrigação fiscal com obrigatoriedade a partir de 1° de janeiro de 2016.

Nesse tipo de obrigação fiscal será necessário, inclusive, informar as perdas normais do processo, além de tratar sobre a produção realizada por terceiros. Sem um sistema de ERP, a reunião dessa quantidade de informações pode se tornar extremamente trabalhosa e sujeita a erros.

A importância das obrigações fiscais

As empresas precisam dedicar atenção especial às obrigações fiscais e esforçar-se para atendê-las, porque é isso que garante uma regularização da situação fiscal da empresa. Além de isso trazer mais credibilidade, uma situação fiscal regular também impede que a empresa passe por sanções e investigações, e permite que concorra a licitações, por exemplo. Aproveite e fique por dentro de algumas ações para controlar suas obrigações fiscais com este post.

O uso do sistema ERP fiscal ajuda a entender e a cumprir as obrigações fiscais da empresa por possuir uma centralização das informações que são necessárias para regularização da situação.

Quais são suas dúvidas sobre as obrigações fiscais e o bom uso de um sistema ERP? Comente e te ajudaremos!

Receba orientações sobre o SPED Contábil através de um excelente material gratuito especialmente preparado para você. E leia também nosso artigo sobre implantação de ERP e treinamento e saiba quais são os primeiros passos para implantar um ERP na sua empresa.

Você deve gostar também
eSocial: Aprovado novo cronograma de implantação e versão de leiaute 2.2.01
O que as startups podem ensinar às empresas sobre gestão
5 erros cometidos no atendimento ao cliente e como evitá-los

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Seu nome*
Sua página da Web